Jornal Folha do Araguaia, MT

Nova Logo Jornal Folha

Bom Dia  -  Hoje é 28 de Setembro de 2020

Em Canarana - MT - Max 40° . Min 21°


Frete de milho e gergelim gerou R$ 26 milhões no município de Água Boa

..
utf8_encode($row_noticia['not_titulo']

Inácio Roberto Noticias Interativa.


            ÁGUA BOA – Nossa reportagem efetuou levantamento junto as transportadoras para saber o custo do frete para escoamento da produção de milho do município.

           Na recente safrinha de milho, segundo a Associação dos Engenheiros Agrônomos, foram colhidas 199.500 toneladas de milho.

           Quase a totalidade do milho foi escoada para as praças de Uberaba e Araguari/MG, ou São Simão/GO. Para Uberaba, que são 1.100km, a tonelada do frete sai por R$ 128,00 totalizando R$ 6.400,00 se for um rodo trem que transporta até 50 toneladas. Para São Simão, distante 750km, o frete chegou a R$ 130,00, totalizando R$ 6.500,00 por viagem para o mesmo transporte das 50 toneladas.

            Segundo os transportadores de cargas consultados, seriam necessários em torno de 3.990 viagens em rodo trem para escoar toda a produção de milho de Água Boa. Em média, esse transporte geraria R$ 25,5 milhões em frete para as transportadoras ou caminhoneiros autônomos.     Já os produtores rurais faturaram em média, R$ 533,00 por tonelada de milho (R$ 32,00 a saca de 60kg), totalizando R$ 106,3 milhões na venda do cereal.

            Gergelim - O frete do gergelim, cujo destino da produção água-boense foi uma distribuidora em Canarana, apresentou valores menores. A safrinha de gergelim rendeu um total de 13.500 toneladas. Seriam necessárias 270 viagens em rodo trem transportando 50 toneladas de gergelim para encaminhar o produto de Água Boa a Canarana.

            Só em frete, seriam R$ 540 mil para a prestação do serviço. Mostra mais uma vez que a agricultura também influencia diretamente no transporte de grãos, gerando emprego e mão de obra. Segundo os motoristas entrevistados, esse montante acaba girando no comércio, já que os caminhoneiros comprar combustíveis, consomem produtos ao longo das rodovias, pagam conta de hotel, oficina mecânica e auto elétricas, entre outros setores da economia beneficiados indiretamente pelo agronegócio.

            Total - Já a soja que rendeu R$ 894 milhões de faturamento aos produtores rurais, chegou a R$ 126 milhões em frete aos transportadores de cargas. No total, entre soja, milho e gergelim, foram produzidas em Água Boa nesta safra, 979.800 toneladas de grãos. 

banco_img/banners/banner_14/7164780288.gif
  •   Fonte: Inácio Roberto Noticias Interativa.  
  •   |  
  •   09 de Setembro de 2020  






ENQUETE

O que você achou de nosso' site?




NEWSLETTER

Cadastre-se e receba nossas notícias e informativos


Copyright © 2018 - JORNAL FOLHA DO ARAGUAIA - SOCIALITE VIP.

Todos os direitos reservados.