Jornal Folha do Araguaia, MT

Sicoob topo

Boa Noite  -  Hoje é 27 de Novembro de 2021

Em Canarana - MT - Max 31° . Min 22°


Mercado chinês parcialmente reaberto à carne de Mato Grosso

..
utf8_encode($row_noticia['not_titulo']

@ Marcello Casal Jr Agência Brasil


Pecuaristas mato-grossenses comemoram o Natal mais cedo neste ano. A China reabriu as porteiras para a carne bovina brasileira certificada antes de 4 de setembro, data da notificação de casos de vaca louca em bovinos no município de Nova Canaã do Norte e também em Minas Gerais. Com a decisão mandarim, parte do sufoco com o estrangulamento das importações chinesas será superado.

As autoridades alfandegárias da China disseram nesta terça-feira (23) que aceitarão pedidos de importação de carne bovina brasileira que tenha recebido certificado sanitário antes de 4 de setembro, potencialmente permitindo que os carregamentos retidos nos portos chineses finalmente sejam liberados na alfândega.

O Brasil suspendeu as exportações de carne bovina para a China em 4 de setembro após detectar dois casos atípicos de doença da vaca louca, mas a carne que já estava nos portos continuou sendo exportada, com a maior parte não conseguindo passar pela alfândega na chegada à China.

Os casos foram considerados “atípicos” por serem de um tipo espontâneo, e não por transmissão no rebanho.

De acordo com a Organização Internacional de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês), casos “atípicos” não oferecem riscos à saúde humana e animal, e são em geral detectados em bovinos mais velhos.

A alfândega chinesa atualizou seu site nesta terça-feira para informar que agora está aceitando pedidos de importação de carne bovina certificada antes da suspensão.

Não ficou claro quanto tempo esses procedimentos levariam, ou a quantidade de produto presa no limbo desde a suspensão.

O Brasil é o principal fornecedor de carne bovina da China, atendendo a cerca de 40% de suas importações, e os compradores esperavam inicialmente que o comércio fosse retomado em algumas semanas.

Desde que os casos em bovinos foram anunciados, o Brasil também notificou dois casos de distúrbio neurodegenerativo em pessoas, embora autoridades tenham dito que eles não estavam relacionados ao consumo de carne bovina.

Foto: @ Marcello Casal Jr Agência Brasil

banco_img/banners/banner_14/7164780288.gif

  •   Fonte: @ Marcello Casal Jr Agência Brasil  
  •   |  
  •   23 de Novembro de 2021  


banco_img/banners/banner_108/336878160.gif




ENQUETE

O que você achou de nosso' site?




NEWSLETTER

Cadastre-se e receba nossas notícias e informativos


Copyright © 2018 - JORNAL FOLHA DO ARAGUAIA - SOCIALITE VIP.

Todos os direitos reservados.