Jornal Folha do Araguaia, MT

Bom Dia  -  Hoje é 15 de Agosto de 2022

Em Canarana - MT - Max 33° . Min 19°


Sicoob - Topo 2

Vereador que tentou atirar em colega pede arquivamento de processo que pode levar à cassação

Os advogados ainda chamam a atenção para o fato de que Neiriberto está afastado de suas funções com base no processo que, segundo a defesa, já perdeu a legalidade
utf8_encode($row_noticia['not_titulo']

HiperNoticias /RAYNNA NICOLAS


Protagonista de um momento de horror na Câmara Municipal de Querência (756 km de Cuiabá), o vereador Neiriberto Martins da Silva Erthal tenta, na Justiça, o arquivamento do processo que pode levar à sua cassação. A confusão envolvendo Neiriberto teve início em março, quando ele sacou e apontou uma arma para um colega de parlamento, o que desencadeou a comissão processante por quebra de decoro parlamentar.

Na peça encaminhada à Justiça nesta terça-feira (19) os advogados do vereador argumentam que o processo no âmbito do legislativo já perdeu a validade. Isso porque, passados 90 dias do início dos trabalhos da comissão processante, não houve sequer a notificação do julgamento.

Os advogados ainda chamam a atenção para o fato de que Neiriberto está afastado de suas funções com base no processo que, segundo a defesa, já perdeu a legalidade. Diante disso, também pedem o retorno às funções.

“Deste modo, como se pede o arquivamento do presente processo, pede-se também, por via de consequência, que Vossa Excelência torna se efeito/descontínua o afastamento que pesa em desfavor do impetrante, pois além de ter se tornado ilegal está impedindo de exercer um mandato para qual foi eleito”, diz trecho.

Além do afastamento determinado pela Câmara de Vereadores, Neiriberto chegou a pedir licença alegando que sofre de esquizofrenia e que precisava realizar tratamento psiquiátrico. Ele atribuiu à sua fragilidade mental a conduta que adotou durante sessão no parlamento.

Neiriberto sacou e apontou a arma para um de seus colegas depois de uma discussão acalorada sobre um projeto que era debatido no dia. As investigações da Polícia Civil revelaram que ele não só sacou e apontou a arma, como tentou atirar contra o outro vereador. Uma falha mecânica, contudo, impediu o acontecimento de uma tragédia.

Imagens registradas por câmeras de segurança mostram o momento que Neiriberto toma a atitude extrema e o pânico que se desencadeia instaura no plenário com a cena.

FOTO: Reprodução

banco_img/banners/banner_108/336878160.gif

  •   Fonte: HiperNoticias /RAYNNA NICOLAS  
  •   |  
  •   20 de Julho de 2022  


banco_img/banners/banner_14/7164780288.gif






NEWSLETTER

Cadastre-se e receba nossas notícias e informativos


Copyright © 2018 - JORNAL FOLHA DO ARAGUAIA - SOCIALITE VIP.

Todos os direitos reservados.