Jornal Folha do Araguaia, MT

Sicoob topo

Boa Noite  -  Hoje é 23 de Janeiro de 2022

Em Canarana - MT - Max 35° . Min 21°


Após denúncia, Polícia Civil descobre esquema de desvio de remédios da UPA de Barra do Garças

De acordo com a PC, um servidor público e um funcionário de hospital particular agiam em conjunto.
utf8_encode($row_noticia['not_titulo']

Rede da Notícia e Rádio Aruanã


Duas pessoas foram presas, nesta segunda-feira (22), por suspeita de desvio de medicamentos da Unidade de Pronto Atendimento de Barra do Garças (UPA). De acordo com a Polícia Civil, um servidor público e um funcionário de hospital particular agiam no esquema.

As prisões foram efetuadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) após denúncia anônima.

Segundo a polícia, o auxiliar de farmácia da UPA desviava o medicamento identificado como Epinefrina, da farmácia da unidade, e repassava para o funcionário do hospital particular.

Durante as diligências, uma caixa com 48 ampolas (cada caixa contém 100 ampolas), pertencente ao município, foi apreendida pelos investigadores na casa do servidor público. O auxiliar de farmácia foi preso dentro da unidade de saúde.

O delegado Nelder Martins Pereira, titular da Especializada de Roubos e Furtos, informou que o segundo envolvido foi preso após o servidor confessar o desvio da medicação e indicar para quem repassava. “Os suspeitos foram identificados, presos e a medicação apreendida. As investigações prosseguem para identificarmos se outros medicamentos foram subtraídos”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, o servidor e o funcionário do hospital eram amigos. “O auxiliar da farmácia da UPA tinha total acesso aos medicamentos, ele resolveu ganhar um dinheiro com isso e começou a praticar esses desvios”, ressaltou.

O secretário de Saúde de Barra do Garças, Adilson Tavares, disse que as providências foram tomadas após um dos médicos da própria UPA suspeitar do desvio.

“Com a informação repassada por um dos médicos da unidade, comunicamos ao delegado e o funcionário do hospital apontou o auxiliar como responsável pelos desvios do medicamento. Estávamos com suspeita, pois, a conta na farmácia não fechava nunca. Comprava-se medicamentos e ainda faltavam”, explicou o secretário.

O auxiliar responderá pelo crime de peculato (apropriação e desvio de bem público em benefício próprio). Já o funcionário de hospital particular responderá por receptação.

(Com informações do Rede da Notícia e Rádio Aruanã).

 

Pronto Atendimento de Barra do Garças (UPA) - Foto:Edevilson Arneiro/Secom BG

banco_img/banners/banner_108/336878160.gif

  •   Fonte: Rede da Notícia e Rádio Aruanã  
  •   |  
  •   23 de Novembro de 2021  


banco_img/banners/banner_14/7164780288.gif
banco_img/banners/banner_113/7985048629.png




ENQUETE

O que você achou de nosso' site?




NEWSLETTER

Cadastre-se e receba nossas notícias e informativos


Copyright © 2018 - JORNAL FOLHA DO ARAGUAIA - SOCIALITE VIP.

Todos os direitos reservados.