Jornal Folha do Araguaia, MT

Gil Pneus

Boa Tarde  -  Hoje é 23 de Agosto de 2019

Em Canarana - MT - Max 37° . Min 20°


'Nós vamos preservar e construir uma nação rica', afirma governador Mauro Mendes

..
utf8_encode($row_noticia['not_titulo']

Ivana Maranhão, Laice Souza e Lucas Rodrigues | Se


Em conjunto com o presidente Jair Bolsonaro e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, lançou o projeto “Juntos pelo Araguaia”, na manhã desta quarta-feira (05). Durante o evento, realizado na Praia do Quarto Crescente, em Aragarças (GO), foi assinado um protocolo de intenções entre o Governo Federal e os governos de Mato Grosso e Goiás.

Também foi firmado um acordo de cooperação técnica entre as Secretarias de Meio Ambiente dos Estados de Goiás (Semad) e Mato Grosso (Sema) e os Ministérios do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Regional para a execução do programa.

Em seu discurso, o governador Mauro Mendes ressaltou a importância do programa para conservar a região do Araguaia para as próximas gerações. 

“O rio Araguaia une esses dois estados e está no coração do Brasil. Vamos dar o exemplo de que é possível produzir e conservar com consciência social. Nós vamos preservar nossas riquezas naturais e construir uma nação rica, capaz de promover o nosso crescimento, por nós e por nossos filhos. Esse será um trabalho que o presidente irá capitanear por todo o Brasil. O Brasil tem que parar de ser visto como o país do futuro e ser o país do presente”, disse.

Acompanhado da primeira-dama Virginia Mendes, o governador Mauro Mendes enfatizou que Mato Grosso é exemplo para o mundo de desenvolvimento sustentável e esse programa irá reforçar ainda mais a imagem do Estado nesse sentido. 

“Mato Grosso é o maior produtor do Brasil nas commodities. É o maior produtor de soja, milho, maior rebanho. E fazemos isso com apenas 36% do território. Os outros 64% do território estão intactos. Isso é um exemplo que damos ao mundo, de que somos capazes de produzir e conservar”, citou. 

Já o governador Ronaldo Caiado mencionou a inovação trazida no projeto, que é a parceria com os produtores rurais para preservar a bacia hidrográfica.

“Esse será o maior projeto de recuperar bacias e rios do mundo. Nós vamos mostrar uma coisa diferente: vamos fazer uma conscientização com a participação direta dos produtores rurais. Não teremos essa política de demonizar os produtores rurais. Eles serão nossos parceiros nesse processo. Vamos retomar o Araguaia e saberemos conciliar o ambiente com a produção e com a tecnologia que implantamos no campo”, frisou.

O presidente do país, Jair Bolsonaro, destacou em sua fala que a assinatura do programa mostra que o Brasil está sim preocupado com a questão ambiental e vai trabalhar para associar preservação e desenvolvimento econômico. “Esse momento da revitalização da bacia Araguaia e de outras é o maior exemplo que podemos dar para o mundo que somos sim preocupados com o meio ambiente. Porém, nossa primeira missão é não atrapalhar quem quer produzir”, disse ele, as ações do atual governo são em prol do interesse popular e que é possível mudar o destino do país. 

Também estavam presentes no evento o governador de Tocantins, Mauro Carlesse, os ministros Onix Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Meio Ambiente), Ricardo Salles (Meio Ambiente), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional), Floriano Peixoto (Secretaria Geral) e Marcelo Alvaro Antonio (Turismo), além dos secretários mato-grossenses Mauro Carvalho (Casa Civil), Mauren Lazzaretti (Meio Ambiente), Silvano Amaral (Agricultura Familiar) e Basilio Bezerra (Planejamento e Gestão).

Ainda estiveram na cerimônia o senador Wellington Fagundes, os deputados federais José Medeiros, Neri Geller e Nelson Barbudo, os deputados estaduais Eduardo Botelho, Dilmar Dal Bosco, Max Russi, Dr. Eugenio, Ulysses Moraes, Delegado Claudinei, Eliseu Nascimento, Xuxu Dal Molin e Silvio Fávero, dentre outras autoridades.

“Juntos Pelo Araguaia”

Baseado na experiência comprovada do Instituto Espinhaço em Minas Gerais, o projeto é o maior programa público de recuperação e revitalização de bacia hidrográfica no país, em um esforço conjunto entre os Governos Federal, de Mato Grosso e de Goiás. 

O programa prevê a recuperação de 10 mil hectares de áreas degradadas em 27 municípios da região do rio Araguaia, sendo 5 mil em cada um dos Estados, Mato Grosso e Goiás. Entre as ações previstas pelo projeto estão a reposição florestal, plantio de mudas nas margens da área e conservação do solo de áreas degradadas em toda a região do rio. O grande objetivo é assegurar a disponibilidade de recursos hídricos para as próximas gerações.

Na primeira etapa, o objetivo é recompor as florestas protetoras de áreas de preservação permanente e manejar pastagens e atividades agropecuárias com tecnologias de agricultura de baixo carbono, bem como implantar sistemas agroflorestais nas zonas de recarga de aquíferos, nas cabeceiras e nos afluentes que formam o Rio Araguaia.

Privilegiando as cabeceiras do rio que corta cinco estados em um percurso de 2600 quilômetros, a área de abrangência da atuação em Mato Grosso engloba os municípios que compõem o Comitê de Bacia Hidrográfica do Alto Araguaia: Alto Taquari, Alto Araguaia, Alto Garças, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu, Guiratinga, Pontal do Araguaia, Tesouro, General Carneiro, Barra do Garças.

banco_img/banners/banner_15/1613691579.gif
  •   Fonte: Ivana Maranhão, Laice Souza e Lucas Rodrigues | Se  
  •   |  
  •   05 de Junho de 2019  


banco_img/banners/banner_14/7164780288.gif




ENQUETE

O que você achou de nosso' site?




NEWSLETTER

Cadastre-se e receba nossas notícias e informativos


Copyright © 2018 - JORNAL FOLHA DO ARAGUAIA - SOCIALITE VIP.

Todos os direitos reservados.